Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

domingo, 27 de janeiro de 2008

Para te oferecer



22 comentários:

Lu@r disse...

E são essas palavras que arrepiam os meus sentidos.

Quero sempre mais de ti :)

Beijo

nice disse...

E é sem dúvida algo maravilhoso o que nos consegues dar...

Dias disse...

Tantas e tão ricas quanto toda a areia fina do deserto.

Abraço, halito a dentro, consumindo-te.

Victor disse...

Querida Gasolina
As tuas palavras são suaves como a areia do deserto em tempo de calmaria; mas tornam-se fortes incisivas quando sopra forte o Suão. Então...
O textos com que nos acarinhas todos os dias são como a vida...
Beijinhos.

Joanne disse...

Tantas palavras sem vim. Tantos significados iguais.

Amilcar Garcia disse...

¡Hola!:

Abandonei-te uns dias. Visitei com meu irmão a ilha município de Culebra… Desfrutamos de um dia excelente. Cedo te mostro as fotos e um “slide show” que estou preparando…Graças por tuas “coments” (Pessoa é o melhor e a ilha a levamos todos na razão; atada à palavra… Hoje me levo a casa tuas entradas; Até amanhã… ¡Saudações!

Mateso disse...

Se as tuas foram como as areias do deserto, são e serão sempre belas e mutáveis, douradas e transparentes de mundo.
Beijo.

gasolina disse...

Lu@r,

Espero não te desapontar.
Palavras nunca faltarão.

Beijo

gasolina disse...

Nice,

Obrigado, menina linda.

Beijinhos

gasolina disse...

Dias,

Imensas, cada palavra um grão dessa areia fina.

Abraço, respiro, um beijo desta sua,

gasolina disse...

Victor,

Obrigado todos os dias pelas tuas palavras, pela tua sapiência e sobretudo pela tua tranquilidade.

Aceita as minhas palavras como um presente para ti. São sentidas.

Um beijo Querido Victor.

gasolina disse...

Joanne,

Palavras sem fim, sim. Mas cheias de significados diversos, multiplos, nada iguais.

gasolina disse...

Amílcar,

Que tal compañero?

És un placer tenerte por aqui, a tí e tus palabras.
Aguardo tu slide show.

Besitos e cordiales saludos

gasolina disse...

Mateso,

Espero que a palavra nunca me falhe ou o coração pára-me.

Um beijo de Azul.

santiago disse...

...tantas
que, certamente,
da maioria o significado desconheço.

terei que aprendê-lo...

alegremente

com sofreguidão

e ficarei, também,

com a minha boca

cheia

desses grãos de areia.

gasolina disse...

Santiago,

As tuas palavras são lindas mas acho que nada te ensinarei.

Mas desejo que fiques por aqui e que esses grãos de areia fina sejam partilha de saberes e sentires

Um beijo para ti.

lamia disse...

E olhares? Olhares silenciosos?

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Obrigada pela tamanha generosidade.

Que bem me "entrou" esta mensagem.

Gostei muito.

Beijinho.

gasolina disse...

Lamia,

São fortissimos!
Fazem tanto barulho como uma trovoada de Verão!

Um beijo enorme para ti!
Tenho saudades tuas!

gasolina disse...

Tchivinguiro,

É a tua sensibilidade.
Muito obrigado por tamanho carinho nas tuas palavras coloridas.

Um beijo

suruka disse...

ola gasolina
NAO SEI PORQUE PERDI-TE
MAS HOJE REENCONTREI-TE.

gosto do que escreves.
Vou ficar contigo.
bj

gasolina disse...

Suruka,

Olá!

Também não sei... eu não me perdi de quem quero encontrar.

Obrigado pelas tuas palavras.

bj.