Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

segunda-feira, 29 de março de 2010

E se eu (me) lembrasse

E se mesmo depois de se morrer não se partisse de todo? Se houvesse um tempo em que o tempo se perdesse nas memórias de uma vida para depois se sussurrar a outros o que os outros só poderão entender quando passarem por essa porta para a derradeira viagem?


Ficaría explicado os déjà vu, o saber fazer sem nunca ter aprendido, a pretensa reencarnação em figuras que já passaram, a sensação de conhecer desde sempre alguém...


Ficaría explicado por que tantos homens e mulheres vivem em mim e falo de coisas que até a mim me surpreendem... E se assim fosse, quem podería eu ter sido?
Ou será que não sou? Amálgama de suspiros, sussurros, segredos, tudo empilhado sem ordem e a minha tarefa - arrumar-me para me conquistar, conhecer-me para saber de outros.

14 comentários:

marisa disse...

provavelmente lembras-te mesmo, e esses que te acompanham são as tuas lembranças de quando foste eles. Vendo assim as coisas és uma eleita, a maioria, onde me incluo, não se lembra mais de quem já foi...

marisa

P.S. Vou estar ausente quase duas semanas, mas já sabes que volto sempre.

legivel disse...

... o mais importante(?!) ainda está por explicar. Por enquanto vamo-nos dando por satisfeitos(?!) com a falta de explicações que temos. Eu explico-me: garanto - se tiver oportunidade - dar explicações depois de morto. De como é a vida depois da morte.

À séria: este texto é tocante nas interrogações feitas mas muito mais na ânsia de saber quem somos. Gostei muito.

Vicktor disse...

Querida Gasolina

Sempre tenho a ideia que noutros tempos, noutros sítios contigo me cruzei...

Adoro os teus textos que tenho escritos em memórias de outras eras.

Beijinhos.

tiaselma.com disse...

"...e a minha tarefa - arrumar-me para me conquistar, conhecer-me para saber de outros." Suponho ser nossa tarefa.

Beijocas.

Alien8 disse...

Grande ideia. Muita coisa ficaria explicada, realmente. Até talvez se pudesse "justificar" essa necessidade de self-arrumation, como se diz em americano :)

E alinho nisso, a cem por cento.

Já agora, de que cor queres a passadeira?

jardinsdeLaura disse...

Deixei-me levar pelas tuas palavras e sabes que mais acho que és bem capaz de ter razão! Por outro lado a ideia agradou-me e além disso divagar contigo ajudou-me a esquecer que estou suspensa nas palavras de alguém que custam a chegar! Obrigado pela partilha

Gasolina disse...

Marisa,

Não sou dada a esoterismos. Nem a fés, nem a crenças. Mal o meu, se calhar...

Mas rebelam-se dentro de mim coisas e seres que me dizem coisas e me falam de outros que nunca conheci.

Assim dito, parece loucura, bebedeira, vicio. E é mesmo. De todas as palavras que deito para fora.

Estás sempre aqui, sabes onde.

Beijo

Gasolina disse...

Legível,

Reformulo: SR.LEGÍVEL,

Há explicações que não devem ser explicadas. Ou não se podem. Por isso - bem o dizes - o mais importante é a questão, aquele sinal no fim do pensamento e que impulsiona os sentidos e o saber.

E como tu, também Agostinho da Silva prometeu o regresso para contar como é. ´


Obrigado pelas tuas palavras. Mesmo.

Gasolina disse...

Vicktor,

Até que é bem possível.

Intemporalmente.

Se não... Como explicar empatias?


Abraço apertado

Gasolina disse...

Selma,

De uns quantos.
Outros preferem fingir que não se lembram.

Gasolina disse...

Alien8,

Como dizer-te?!

Passadeira para mim, só AZUL, toda AZUL!!!

(E eu lá mereço passadeira??? ahahah)

Mas se partilhas do meu achar... fazemos as pazes?

Gasolina disse...

Jardins de Laura,

Quanto tempo!
É gratificante saber-te aqui. Obrigado.

Espero que as palavras que anseias cheguem. E te cheguem conforme queres. Mais ainda: que te surpreendam.

Alien8 disse...

O FCP sempre se deu bem com a Briosa! Nunca houve guerras, antes pelo contrário. Mas, se o teu azul é do Belenenses... bom, é a mesma coisa :)

E mereces, sim. Seja pois azul.

Papoila - BF disse...

São questões que só ao passar a porta ficaremos a conhecer as respostas.

BF