Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Machado

Se se esgotasse, sem aviso, sem maleita a comer devagar, tudo a ir-se por um cano que escoasse este liquido imenso que me queima todos as manhãs sem nome nem número marcado que faría eu do resto de mim, das minhas mãos, de toda a pele e veias e também os olhos que primeiro recolhem as letras adicionando-as numa carruagem desenfreada de verbos, que sería eu, já morta e a feder sem a vida que não consigo explicar neste oxigénio que me dá brisa e me sufoca, sem mim própria a combater?


Se tal acontecer cortem a árvore. Por favor.

8 comentários:

tiaselma.com disse...

Nas raízes fincadas, o eterno recomeço, a não finitude. E porque, disse o poeta, as coisas findas, muito mais que lindas, essas ficarão.

Beijocas.

marisa disse...

Não vai acontecer.

A tua árvore é intemporal, eterna.
Terá de ficar para os vindouros, porque beleza, sabedoria, mestria não se cortam assim sem mais.

Beijo ao sabor das águas do Reno.

f@ disse...

Não se corta a árvore das pa lavras….
Tem folhas luminosas como pirilampos… a luz de sentires e nos dizeres desta forma a paisagem que teimamos que pareça bela….

Não sei se entendi a mensagem…

…. Imenso beijinho

Arabica disse...

Também o quero.

Sem mim, que o meu corpo se liberte.

Beijos

Gasolina disse...

Tia Selma,

Até mesmo quando a árvore se definha e deixa de dar frutos, as raízes lá continuam.

E isso não significa que ainda haja seiva para a manter viva.

Beijo

Gasolina disse...

Marisa,

Obrigado pela tua força.

Mas interessa que a árvore dê sombra e folhas e frutos enquanto é o tempo dela.

Depois, bom depois... Que dê um bom lume a quem se quiser aquecer nos dias de chuva.


Um beijo, leva-o o Tejo a ti

Gasolina disse...

F@,

Entendeste a mensagem direitinho.
Como sempre, desde a tua 1ª visita aqui a esta Árvore.


Mas não quería vê-la murchar. Antes cortá-la.



Um beijo para ti Menina das Nuvens

Gasolina disse...

Arabica,

Ainda bem que me entendes. Ainda bem.


Um beijo para ti.