Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

As (minhas) fotografias

Passam-me pelos dedos na rapidez do deslizar fotogramas a negro e branco que desviam gerações até ao século XXI, sorriso, olhos fechados, olhos abertos, poses, figurinos, cenários de bóias e barcos desenhados num plano único acomodam familias completas numa viagem de minutos pelo tempo que o artista demora a disparar, compõem-se bigodes e barbas aparadas, fardas também, saias armadas e mini-saias, centímetros de pele arrojada na dos beijos capturados às escondidas, infantes de laços que podem ser rapazes ou raparigas, art deco, colunas e pianhas, troféus, clarinete e microfone, palco, palcos, vai tingindo os meus dedos, hippies, love, flores e psicadélicos, medalhões, correntes, heavy metal, saltos altos, maquilhagem, grupos, duos, solitaire, contra-luz, bichos, risos, afectos nos meus dedos o poder do tempo como ampulhetas desfeitas em centenários baralhados pela minha vontade, aos velhos faço-os novos e de mim público de vidas que trago às costas.

12 comentários:

PURO AMIGO disse...

Olá. Boa noite
Isso é que é prosar, de tanto trabalho deu para surgir
Terminando num lindo carrego.
Mudei como o Ano mudou, visita e me reconhecerás.
Amizade
Ainda gasto o meu nome todo, ah, ah, ah,- Miguel

Teresa Durães disse...

e ficam os momentos registados!

Victor disse...

Querida Gasolina
Um dos meus mestres da vida ensinou-me um dia "uma fotografia, por mais sem significado que seja, por mais dolorosa que fôr, nunca a destru-as!". Terá sempre, para alguém, uma estória para contar. Sempre me interrogo, será que o Mundo mais não é do que uma sucessão de fotografias?
Adorei este teu texto, como sempre acontece com o que escreves.
Beijinho.

JC disse...

Bela retrospectiva de vida.
Por vezes é neessário fazer uma restrospectiva sobre o passado para projectar o futuro.Outras lembramo-lo como algo que nos dá muito gozo e quando damos por nós estamos com um sorriso estampado no rosto por aquilo que estamos a reviver.
Beijinhos

Méon, disse...

O poder das palavras neste texto!

Obrigado pelas visitas!

Bj

Gasolina disse...

Puro Amigo Miguel (XIV)

A mudança é boa, traz novas forças, novas vontades e já que o Janeiro é pródigo em decisões porque não um novo visual?!

Vamos lá ver isso!

Que o Ano te seja leve e auspicioso.

Fica bem

Gasolina disse...

Teresa,

Para todo o sempre.

E é sempre bom revê-los.

Gasolina disse...

Victor,

Com toda a certeza.
Viajar pelas fotografias é reavivar muito do que o próprio sentiu mas também descobrir um passado que se repete inexoravelmente nas feições da actualidade.

Obrigado, como sempre trazes uma palavra de aconchego.

Um beijo grande

Gasolina disse...

JC,

Nem mais.

E uma noite destas perdida nestes passados aprisionados em quadrados de papel descobri coisas importantissímas. Talvez porque só agora seja o tempo de as notar.

Beijo para ti e para o Mar(Volto)

Gasolina disse...

Meón,

Muito obrigado
(Que responsabilidade!)

As visitas foram um prazer e tenciono repeti-las. Gosto de ir onde se escreve bem. É sempre um ganho ler-te.

Um beijo ao teu tempo.

Arabica disse...

Gosto muito de te ler, Gas!

Assim é.


Beijo, bom fim de semana.

Gasolina disse...

Arabica,

Obrigado.
A inversa é verdadeira.

Boa semana, beijo para ti