Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

domingo, 9 de março de 2008

Agarra


10 comentários:

pin gente disse...

diz, fala, eleva a tua voz para que os surdos te oiçam
gesticula a poesia das ondas do mar
segura o significado da frase porque é tua
mesmo nas águas turvas o seu sentido permanecerá estanque
ousa, atreve, grita o que se deve
e verbaliza letra a letra a intenção do teu dizer

MBSilva disse...

Obrigada pelas suas palavras! Fico feliz por gostar das minhas fotografias.

A fotografia tem vindo a ocupar um lugar especial e a substituir as minhas palavras...
Creio que faz melhor figura!

Um beijinho grande... boa semana!

Moonlight disse...

Assim o é...

:(

Beijo

Mist... disse...

Agarrando...

gasolina disse...

Pin,

Muito obrigado pela elegia à palavra que aqui fazes.

E podes estar certa que nunca deixarei de ousar.

Um beijo, Luísa, por tudo o que aqui deixas.

gasolina disse...

MBSilva,

Embora eu ache que uma coisa não substitui a outra (as suas palavras são sempre bonitas), confesso que me "viajo" nas suas imagens.

Muito Obrigado, Tecto.

Um beijo e (tanta) saudade

gasolina disse...

Moonlight,

Assim o FOI!!!

:)

BEIJO
(Este é dos GRANDES)

gasolina disse...

Mist,

Segura-te.
Aqui há espaço para as palavras.

Aspásia disse...

OU DITO DE OUTRO MODO - UMA TÁBUA DE SALVAÇÃO!

CHEGO TARDE, OS ALÍSIOS ME ATRASARAM!

MAS AQUI ESTOU NOS CAMPOS ELÍSIOS ONDE A ÁRVORE VAI CRESCENDO DESDE A PEQUENA ESTACA QUE FOI, ATÉ à GRANDE FRONDE QUE JÁ SE TORNOU!...

BEIJO PEGADO DE ESTACA ;)

gasolina disse...

ASPÁSIA,

MÉRITO TAMBÉM TEU QUE SEMPRE ME APOIASTE EM TODAS AS ALTURAS DO CRESCIMENTO DESTA ÁRVORE, DESDE TENRA FLOR (TEMPOS DO MURCON...) ATÉ ÀS PALAVRAS QUE AGORA A PROTEGEM DAS PRAGAS.

POIS NÃO SERÁS TU A JARDINEIRA?

UM BEIJO, FORTE, FORTE