Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Naus



De vez em quando embarco. Sem me dar ao trabalho da escalada da ponte e da mão firme na corda de corrimão nodosa. Apareço lá dentro, sózinha, um silêncio de mar ritmado no ranger das velas brancas, altíssimos mastros, a mão em pala não cobre o brilho fulminante do rei mas mesmo assim insisto em altear a gávea e tentar descobrir o rosto do moreno de tronco nu que afia na rapina do olhar poiso seguro para mim.


Não sou dama, não sou donzela tão pouco princesa, não perco tempo no fanico, que fanico ía eu tendo antes de embarcar. Por isso zarpei, escapuli-me de conversas chatas como um clister de açorda, evadi-me da mundaneidade politicamente correcta com um ou dois asneiredos tipicos de um marinheiro curtido pela salga, puxei a pala ao verde do olho e azulei no mar.


Canso-me facilmente em terra, esgoto palavras rápido no entretenimento fútil do diz-que-disse-até-parece-que-então-é-assim. Reviro os olhos, aponto um dedo gatilhado na boca escancarada para que os estilhaços respinguem quem me aborrece e fujo.


Cá estou eu, pirata de argola e facalhão à cinta, se me voltarem a incomodar o pensamento vai tudo a eito.


Até lá viajo, permito-me ser cortejada nesta nau da alma, que esta não tem preço mas nem todos conseguem embarcar. Alguns pedem boleia...

8 comentários:

Lu@r disse...

Embarquei mas empurraste o Lu@r borda fora, aqui estou atirado aos tubarões.

Atira a boia, salva-me...

Beijo com gosto

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Dás-me boleia, também a mim, para embracar na tua nau da alma, a única que de facto «não tem preço mas nem todos conseguem embarcar.»

Gostei muito, bastante, deste teu ensaio.

Abraço.

Aspásia disse...

CALCULO QUE COM TÃO BELA PIRATA DE OLHO VERDE, MUITO MARINHEIRO PEÇA BOLEIA! MAS LOGO a`PARTIDA FICAM EM TERRA OS CHATOS, PATETAS E FALTOS DE HUMOR, OS PAPA-AÇORDAS!!!
(OU OS QUE A CONSOMEM EM CLISTER ;), EU ESSA POSSIBILIDADE DESCONHECIA)

BEIJINHO À BOLINA :)

Dias disse...

Excelente!!

Um beijo

gasolina disse...

Lu@r,

Nem pensar!
Nunca atiraría o luar para longe de mim!

Preciso dele para me guiar nas noites e iluminar-me o caminho brilhante das estrelas.

E bóia não tenho, só a minha mão para te ajudar a subir de novo até à nau.

Beijo

gasolina disse...

Tchivinguiro:

Na tua nau de alma e cores já muitas vezes me deste boleia. Aqui és passageira com direito a camarote reservado.

Um beijo

gasolina disse...

ASPÁSIA,

FALASTE ACERTADO!
NÃO POSSO COM CHATOS NEM PAPA-AÇORDAS!

AGORA IMAGINA O QUE É UM CLISTER DESSA DOSE...

BEIJOS PARA TI, MARINHEIRA DE JARDINS

gasolina disse...

Dias,

Obrigado!

Que tal umas fotos submarinas?

beijo em ti