Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Fabular(es) -7ºEnsaio

- Então?
- Confirma-se.
- Quer dizer...
- Isso mesmo.
- E agora?
- Parar. Só isso. No absoluto.
- Nem um bocadinho de...
- Nada. Stop.
- Eu não consigo viver assim, não sou eu...
- Imagina que não tens pernas. É fácil. Só isso.
- Não imagino, não sou eu.
- As árvores não têm pernas.
- Têm raízes.
- E não deixam de dançar. Ao vento, sob o sol e a chuva... Brancas com a neve, encantadas...
- Não há neve aqui. Não habitualmente.
- Imagina que há. Não és tu que vais a tantos sitios e consegues ser tantos?
- Mas isto não é a mesma coisa, não isto...
- Prova a ti mesma que consegues dar mais este salto.
- Sem pernas?
- Usa as raízes. Expande-te.

6 comentários:

Laura disse...

Fantástico...

Gasolina disse...

Laura,

Sorriso.

Nem tanto, estou mesmo incapacitada de me mover. Mas vai passar, tem de passar.

Vicktor disse...

Minha Querida Gasolina

Fiquei bem preocupado contigo ao ler este texto e os comentários.

Dou-te um beijinho muito grande e peço-te: escreve-me, ou então entra no meu MSN.

Beijinhos muitos.

Gasolina disse...

Vicktor,

Não quero que fiques preocupado, por favor!

Mas escrevo-te sim, com o maior prazer.

Beijo para ti meu Amigo

SONY disse...

Gas,
anda vai ao meu blog.

manda um mail, diz algo.

Sony

Gasolina disse...

Sony,

Alguma coisa não vai muito bem com o teu mail... chegam-me devolvidos.