Todos os textos são originais e propriedade exclusiva do autor, Gasolina (C.G.) in Árvore das Palavras. Não são permitidas cópias ou transcrições no todo ou/e em partes do seu conteúdo ou outras menções sem expressa autorização do proprietário.

sábado, 4 de abril de 2009

Distinção Abril 2009



Há blogs que pela sua qualidade me merecem destaque.


Seja pelas palavras ou pela imagem, pela constância do nível e empenho do seu autor, pela inovação dos temas, pela simplicidade com que me fazem viajar. Pelo tanto que me dão.

Assim, resolvi publicamente nomeá-los, sendo certo que a regra única é o meu gosto pessoal pelo blog.


Não é um prémio nem um meme.
Não é uma corrente e logo não é transmissível a mais ninguém pelo que só a Árvore das Palavras tem o direito sobre o registo de os indicar e o indicado não o pode oferecer.


Todos os meses, aos primeiros dias, revelarei a minha escolha. Publicarei aqui o selo Distinção Árvore das Palavras com a identificação do meu seleccionado de cada mês e gostaría que o blog distinguido também o exibisse. Mas isso já fica por decisão do visado.


Abril é um excelente mês para distinguir Voando por aí da autoria de Teresa Durães.


Qualidade de escrita, qualidade de fotografias, qualidade no tratamento das emoções fugindo ao caminho fácil do óbvio, do piedoso, do lacrimoso. Ler Teresa Durães é ler sério. O patamar do seu registo destaca-se, aprecia-se e... incomoda. Felizmente.


Surpreende-me, atributo de poucos. Por isso, recomendo, por isso gosto. Muito.

6 comentários:

Teresa Durães disse...

Fico comovida com as tuas palavras. Ver distinguida a minha escrita é algo que me diz muito principalmente porque gosto imenso de o fazer.

Um sicero agradecimento

eu disse...

a Teresa, sim, vou lá muito embora não comente pois ando longe destas lides.


Galinha

Gasolina disse...

Teresa,

Não distinguir a tua escrita sería passar cego ao que se lê de (muita) qualidade.

Partilhar-te é enriquecer.

E isso não se esquece. Obrigado.

Gasolina disse...

Galinha,

Concordas comigo, então?!

Bom! Mas nada de bicar na Árvore!

poetaeusou . . . disse...

*
Ler Teresa Durães é ler sério.
> glosando de quando em vez <
,
Que feliz atribuição !!!
,
ventos suaves, envio,
,
*

Tchi disse...

E é muito acertado o que dizes e sentes.

Beijinhos.